Emerson Rosas do Santos, 30 anos, foi espancado e esfaqueado, na noite deste sábado (28), na Rua Mão de Onça, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco. O homem teria matado um catador de latinhas horas antes, no mesmo bairro.

Segundo informações de populares, Emerson estava se “vangloriando” por ter assassinado Antônio Batista Martins, de 25 anos, com uma facada no pescoço, enquanto a vítima catava latinhas na Rua Franco Silva.

Populares não gostaram da atitude de Emerson, que além de matar ainda estava de exaltando sobre a morte do homem. Então, várias pessoas se reuniram e começaram a espancar Emerson com vários socos, murros e ponta pés.

Ele ainda foi atingido por três golpes de faca, sendo um no tórax e no abdômen. Após ação, os acusados fugiram tomando rumo ignorado, e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado.

O homem foi levado ao pronto-socorro de Rio Branco, onde os médicos constataram que uma facada atingiu o pulmão dele. Rapidamente os socorristas realizaram um procedimento de drenagem e levaram Emerson ao centro cirúrgico. O estado de saúde do homem é gravíssimo.

A Polícia Militar esteve no local, colheu as informações e tentou procurar pelas pessoas que efetuaram o crime, mas nenhum suspeito foi encontrado. As investigações ficarão a cargo da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).