O colono Raimundo Cunha da Silva morreu após levar um tiro no rosto, na tarde desta sexta-feira (27), enquanto caçava no Seringal Vila Nova, no Projeto de Assento Chico Mendes, na zona rural do município de Capixaba, interior do Acre.

Segundo informações da esposa da vítima, Raimundo havia saído para caçar, quando, após alguns minutos, acabou tropeçando nas raízes de uma árvore e a espingarda disparou acidentalmente no rosto do homem.

A esposa relata que ainda correu para tentar socorrer o marido. Ao ver ele ensanguentado, a mulher correu para a beira do rio e pediu ajuda ao seu cunhado e mais duas pessoas, que foram até o local onde aconteceu o acidente, e chegando lá, só puderam constar que a vítima já estava sem vida.

Policiais Civis da Delegacia de Capixaba foram acionados e estiveram no local, e confirmaram a veracidade da informação. O corpo do homem foi levado para o hospital da cidade, para ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco, onde serão realizados os devidos exames cadavéricos.

O caso já está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil do município de Capixaba.