Victor era filho de sargento aposentado da PM, e foi morto durante tentativa de assalto (Foto: Arquivo pessoal)

Um dos suspeitos de matar o jovem Victor de Lima Braga, de 19 anos, durante uma tentativa de assalto na terça-feira (24) foi detido e levado para a Delegacia de Flagrantes por uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

O suspeito foi localizado, na noite dessa quarta-feira (25), no bairro Vila Acre, na região do Segundo Distrito de Rio Branco. O crime aconteceu na Travessa do Mineiro, no Ramal Bom Jesus.

Após ter a casa invadida por dois criminosos armados, Braga foi morto com um tiro no peito. Segundo a polícia, o pai da vítima, que é policial militar, reagiu à invasão e foi quando os criminosos atiraram contra o jovem.

O comandante do Bope, tenente-coronel Edener Franco, afirmou que como já tinha passado o tempo do flagrante, ele não ficou preso. Mas, que foi ouvido pelo delegado de Polícia Civil, negou participação no crime e em seguida foi liberado.

“De acordo com as informações que nós tínhamos, nós o detivemos, mas o delegado acabou não flagranteando por não ter conseguido ouvir a vítima principal, que é o pai do rapaz que foi morto. Agora, vamos continuar as investigações e vamos continuar nas ruas para ver se achamos novas provas e o outro agente. Ele, na verdade, nega tudo”, afirmou Franco.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).