Foto: Reprodução/Red Uno de Bolívia

Dois casos de coronavírus foram confirmados, na noite desta terça-feira (10), na Bolívia, país vizinho do estado do Acre. Segundo o governo boliviano, tratam-se de duas mulheres que estiveram na Itália, o pais europeu mais afetado pelo vírus.

O ministro da Saúde da Bolívia, Aníbal Cruz, informou que as pacientes têm 60 e 64 anos, respectivamente. Um dos casos foi registrado no departamento de Oruro. Já o outro, no município de San Carlos, no departamento de Santa Cruz, onde vários brasileiros estudam medicina.

As mulheres procuraram hospitais locais, onde fizeram exames que foram analisados pelo Laboratório de Referência Nacional Cenetrop, e o resultado de ambos foi positivo para o COVID-19.

Ainda segundo o ministro, as pacientes estão em estado estável e foram isoladas. O Ministério de Saúde da Bolívia trabalha para que o vírus não se propague em nível comunitário, e investiga se as pacientes tiveram contato com mais pessoas.

“Para tranquilidade da população, digo que estamos em condições de detectar, diagnosticar e confirmar casos de coronavírus, sem propagar a doença. Temos todas as ferramentas para comunicar aos cidadãos sobre os riscos e medidas de prevenção”, enfatizou o ministro.