A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), prendeu duas pessoas envolvidas na morte do jovem Gleison da Conceição Ferreira, conhecido como Dime, morto a tiros na noite do dia 25 de dezembro de 2018, no Polo Benfica, localizado no Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo a assessoria de comunicação da DHPP, populares haviam informado na cena do crime que Gleison estava em sua residência, quando dois homens entraram na casa portando uma arma de fogo e executaram a vítima com vários disparos.

Após meses de investigação, a DHPP identificou uma mulher como a mandante do crime, e dois suspeitos pela execução dos fatos. O crime foi motivado pelo fato dos criminosos suspeitar que vítima estava passando informações para outra organização criminosa.

Após angariar elementos suficientes para o inquérito, a Autoridade Policial representou pelas prisões, sendo deferido pelo poder judiciário somente a de um executor e da mandante. Com os mandados em mãos, os agentes localizaram a mandante do crime no Bairro Recanto dos Buritis e o executor no Bairro Areal.

Todos foram presos e encaminhados ao Presídio Francisco de Oliveira Conde, para aguardar o processo e julgamento pelos seus atos. Se condenados pelos crimes de homicídio qualificado e organização criminosa, as penas podem ultrapassar 30 anos de reclusão.