Os investigadores da Delegacia De Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) realizaram a prisão de mais um envolvido no duplo homicídio que vitimou o casal Cosmo Ribeiro Moura, 43 anos, e Teresa da Silva Santos, 64 anos. O caso aconteceu na madrugada do dia 16 de janeiro de 2020, em Rio Branco. Tereza era sogra da secretária da Fazenda (Sefaz), Semírames Dias.

O acusado foi preso nas primeiras horas da manhã deste sábado (15), por força de um mandado de prisão temporária, em uma região de invasão do bairro Belo Jardim. De acordo com o delegado Martin Hassel, responsável pelo caso, o acusado ainda tentou fugir pulando uma janela da casa onde estava escondido, mas foi capturado pelos policiais.

O acusado foi levado à sede da DHPP onde prestou depoimento sobre o caso. Segundo Martin Hassel, o caso está quase concluído e somente após a conclusão do inquérito é que ele se pronunciará sobre as investigações.

Relembre o caso

Tereza e Cosmo foram mortos a tiros e a golpes de facão no Bairro Belo Jardim I, em Rio Branco. De acordo com a Polícia Militar, um grupo de criminosos arrombou a porta da frente da casa e anunciou o assalto.

Cosmo reagiu e foi morto a tiros e vários golpes de facão, além de quase ter sido degolado. Já Tereza foi morta a golpes de facão por diversas partes do corpo.

Após a ação, os criminosos tentaram sair do local levando o carro da família, modelo Pálio, mas durante a manobra, os assaltantes acabaram fazendo o veículo cair em uma valeta e decidiram fugir sem levar o carro.

Durante a manhã, populares foram à residência e encontraram os corpos jogados. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi acionado e esteve no local, mas os socorristas só puderam atestar a morte das vítimas.