Um motorista do aplicativo teve seu carro alvejado por um tiro na manhã desta sexta-feira (14), quando iria atender o chamado de uma corrida na Rua 15, no Bairro da Glória, na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

Segundo o profissional, quando chegou ao local solicitado, percebeu que os homens estava com armas de grosso calibre e cancelou a corrida, mas quando estava saindo da rua, o motorista sentiu que o carro havia sido atingido por um disparo. Ele conta que acelerou o veículo e foi para Delegacia de Flagrantes registrar um boletim de ocorrência.

Outro caso

A Rua 15 tem um histórico macabro em relação a esteve tipo de crime contra os motoristas de aplicativos. O motorista de aplicativo Sebastião Lima Nunes, 29 anos, foi baleado nas nádegas ao tentar fugir de um sequestro nessa mesma rua, no dia 15 de janeiro.

Segundo informações de populares, o motorista foi feito refém por dois criminosos e amarrado, mas quando ele ia sendo colocado no porta-malas do próprio veículo, conseguiu soltar as mãos e começou a correr.

Um dos bandidos estava armado e atirou várias vezes no profissional. Após a ação, os criminosos fugiram do local, sem levar o veículo do homem.

Mesmo ferido, o motorista ainda conseguiu chegar em uma casa, onde pediu ajuda e foi levado ao pronto-socorro de Rio Branco.