Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, após meses de investigações, tiveram êxito em localizar e prender, na tarde desta terça-feira (11), um dos principais “matadores” de uma facção criminosa, em Rio Branco.

Segundo a assessoria de comunicação da DHPP, o investigado executava ordens da facção na companhia de vários comparsas, ele responderá por vários homicídios, dentre eles:

A morte de Raimundo da Costa Silva, 35 anos, encontrado morto com um tiro na nuca na manhã do dia 15 de setembro de 2019, às margens do Rio Acre, na Rua Uiarapuru, Beco Beira Rio, no bairro Cidade Nova, em Rio Branco;

A morte do comerciante Marieldo de Souza do Nascimento, de 45 anos, conhecido como “RamisFly” morto com dois tiros na cabeça na tarde do dia 07 de novembro de 2019. O crime aconteceu na Rua Antônio Pessoa Jucá, no bairro Tancredo Neves;

A morte dos jovens Paulo Henrique Batista, de 19 anos, e Marcos Gabriel de Barros Morais, encontrados mortos, na noite do dia 13 de novembro de 2019, no Ramal Castanheira, na região da Vila Custódio Freire, na BR-364, em Rio Branco;

A morte do senhor Carlos Alberto no dia 7 de dezembro de 2019, executado por dois homens em uma moto no bairro Cabreúva, um dos autores sacou a arma e efetuou vários disparos na vítima que foi a óbito no local;

Participação na morte dos irmãos Kellyton Costa dos Santos e Elias Costas dos Santos, executados a tiros no dia 30 de dezembro de 2019;

A morte do senhor Ediberto Melo de Souza, 38 anos, mais conhecido por “Marreta”, executado com 10 tiros na Rua 7 de Setembro, no Bairro São Sebastião no dia 30 de dezembro de 2019;

A morte da adolescente Amanda Silva Barbosa, de 17 anos. Executada a tiros e golpes de faca no dia 1 de janeiro de 2020, na Travessa da Amizade, no bairro Santa Inês, região do Segundo Distrito de Rio Branco;

A morte de Ítalo de Souza Charife, de 20 anos, que morreu no pronto-socorro de Rio Branco na noite do dia 5 de janeiro de 2020, após ser atingido por pelo menos quatro disparos de arma de fogo. O ataque ocorreu no bairro Conquista, e ele foi socorrido e levado ao PS, mas não resistiu e morreu logo depois;

A morte do senhor Stanley Fernandes, de 20 anos, executado com cinco tiros no dia 07 de janeiro de 2020. O crime aconteceu em um residencial na Rua Vitória, bairro Conquista, em Rio Branco;

A morte de Antônio José de Oliveira da Conceição, de 39 anos, morto na noite do dia 16 de janeiro de 2020, em frente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco;

Por último, na morte de Francisco das Chagas Gomes, de 24 anos, executado com três tiros no dia 8 de fevereiro de 2020, na Praça do Conjunto Rui Lino, em Rio Branco.

Após o cumprimento do mandado de prisão, o preso será encaminhado ao presídio e aguardará seus processos pelos crimes de homicídio qualificado, organização criminosa, sequestro. Além dos crimes destacados, continua sendo investigado por outros homicídios.