O Comando da Polícia Militar do Acre (PMAC) divulgou no final da manhã desta quarta, 5, uma nota lamentando a morte de subtenente Amarildo Carneiro Costa, aos 56 anos, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do pronto-socorro de Rio Branco.

Amarildo estava internado desde a última segunda-feira, 3, quando foi abordado por criminosos durante um assalto e, ao tentar reagir, acabou sendo atingido por um tiro no abdômen e mais um no braço, no bairro Xavier Maia.

A nota de falecimento assinada pelo comandante-geral da PMAC, coronel Ulysses Araújo, informa que o velório de Amarildo será realizado na Capela São João Batista, sito à avenida Antônio da Rocha Viana, 1503, no bairro Vila Ivonete.

Confira a nota:

NOTA DE FALECIMENTO

O Comando da Polícia Militar do Estado do Acre manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento do subtenente da Reserva Remunerada, Amarildo Carneiro Costa, aos 56 anos, ocorrido na manhã desta quarta-feira, 05 de fevereiro, no Pronto Socorro de Rio Branco/AC, em decorrência de insuficiência renal.

O militar ingressou na Corporação em 1986 e serviu em diversas unidades, sendo reconvocado em 2016. Carneiro Costa, como era conhecido na caserna, nos deixa um legado de bons serviços prestados e de respeito e admiração entre pares e subordinados. O subtenente deixa esposa e filha.

À família enlutada prestamos as mais sentidas condolências e rogamos a Deus que possa confortar-lhes neste momento de profunda tristeza e dor.

O velório ocorrerá na Capela São João Batista, sito à avenida Antônio da Rocha Viana, 1503, Vila Ivonete.

Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim ainda que morto viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá.” (João 11:25-26)

Rio Branco-AC, 05 de fevereiro de 2020.

Ulysses Freitas Pereira de Araújo – CEL PM
Comandante-geral da PMAC