Os jovens Amós da Silva e Janilton Fonseca foram sequestrados, torturados e assassinados a tiros por membros de uma facção criminosa, na noite desta quinta-feira (30), na Comunidade Baixa Verde, na Estrada de Boca do Acre, zona rural de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Amós, Janilton e a avó deles foram visitar e passar alguns dias na casa de parentes, porém, no segundo dia que estavam lá, vários homens abordaram os jovens e perguntam se eles eram de alguma facção onde moravam. Amós e Janilton responderam que não e homens foram embora.

Quando anoiteceu, os jovens e avó resolveram retornar para Rio Branco, mas quando estavam às margens da estrada, cerca de 6 criminosos renderam e levaram os três para uma casa. A mulher ficou na varanda sendo segurado por um homem, enquanto os outros bandidos agrediram os jovens a golpes de foice e machado.

Após a sessão de espancamento, os criminosos executaram Amós e Janilton com vários tiros na cabeça. Em seguida, os bandidos libertaram a idosa e fugiram do local.

Depois que os criminosos foram embora, a mulher pediu ajuda de moradores da região, que acionaram a Polícia Militar. Os militares colheram informações e tentaram procurar pelos criminosos, mas ninguém foi encontrado até o momento.

A área foi isolada para os trabalhos da perícia. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede, onde serão realizados os devidos exames cadavéricos.

Segundo a polícia, após o ocorrido a idosa ficou em estado de pânico e foi trazida a Rio Branco pelos agentes da Delegacia de Proteção à Pessoa (DHPP), que estão oferecendo ajuda para ela. O caso será investigado pela DHPP.