Policiais civis do Grupo de Capturas prenderam, na tarde desta terça-feira, 21, Diego Oliveira da Silva. Ele é um dos 26 presos que fugiram do presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco, na madrugada de segunda-feira, 20.

Segundo a polícia, Oliveira é um criminoso de alta periculosidade. Ele cumpre pena de 46 anos, condenado pelo assassinato do agente penitenciário Humberto Furtado, ocorrido em 25 de agosto de 2017, no Bujari, interior do Acre. Humberto foi morto com um tiro na cabeça.

Diego Oliveira da Silva estava escondido na casa de parentes, na região do Parque das Acácias, na Estrada da Floresta, quando foi surpreendido pela Polícia Civil. Ele ainda tentou empreender fuga, mas os agentes frustraram a tentativa.

Após ser capturado, Diego foi reconduzido ao presídio.