Dangêla Maria de Souza, de 53 anos, foi morta com um tiro na cabeça, na noite desta quinta-feira (9), na Rua das Mangueiras, no Bairro Vitória, em Rio Branco. A motivação do crime, segundo a polícia, seria um acerto de contas.

De acordo com informações da polícia, a vítima estava em casa com o marido e os filhos, quando três homens ainda não identificados invadiram a residência arrombando a porta de trás e efetuaram um disparo contra a cabeça de Dangêla. Após a ação, os bandidos fugiram.

Os familiares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que esteve no local e tentou socorrer Dangêla, mas ela morreu dentro da viatura. A ambulância ainda levou o corpo da vítima até o Instituto Médico Legal (IML), para a realização dos exames cadavéricos.

A Polícia Militar também esteve no local e isolou a área para os trabalhos da perícia. A suspeita é de que a arma utilizada no crime foi uma escopeta calibre 20, pois, os socorristas encontraram a mulher deitada no sofá com parte da massa encefálica espalhada pelo chão.

Os agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) colheram as informações e vão investigar o crime.