José Ferreira do Nascimento, de 27 anos, vulgo “Denir”, foi morto com um tiro na nuca, na manhã desta quinta-feira (19), no Bairro Geni Nunes, periferia do município de Feijó, no interior do Acre.

De acordo com informações da polícia, José foi morto por não ter migrado de uma facção criminosa para a outra. O corpo do rapaz foi achado em uma área de mata, atrás do bairro.

Os autores do crime seriam membros do Comando Vermelho, que teriam convidado José a se aliar ao CV, mas o homem não aceitou e foi executado.

Populares que acharam o corpo acionaram a PM, que isolou a área até a chegada da perícia criminalística. O corpo foi levado ao IML para identificação e exame cadavérico.

A Polícia tentou buscar informações com moradores, mas ninguém quis falar sobre o assunto com medo de retaliação. A Polícia Civil de Feijó já iniciou as investigações.