A onda de roubos em Rio Branco já saiu do controle das autoridades. Essa semana foi de muito terror para quem possui caminhonete, com diversos assaltos ocorrendo na capital. Um dos fatos registrados aconteceu na noite dessa quarta-feira (18), em frente a uma farmácia no Bairro do Bosque.

Segundo informações do dono de uma caminhonete Hilux, ele estava com suas duas filhas, aguardando a esposa que havia ido comprar um remédio, quando dois homens armados se aproximaram e anunciaram o assalto.

O homem estava distraído olhando o celular e não percebeu a abordagem, então um dos criminosos bateu na janela do carro com a arma e obrigou o motorista a sair do carro. A vítima ainda retirou suas duas filhas que estavam no banco de trás e, em seguida, os criminosos fugiram levando o veículo.

Após o roubo, a Polícia Militar do 1° Batalhão foi acionada e com conseguiu flagrar os bandidos com o carro entrando no bairro Areal. A polícia fez o acompanhamento e os meliantes efetuaram vários disparos contra os militares, que revidaram e dispararam tiros de fuzil na caminhonete.

Os assaltantes acabaram perdendo o controle da direção e o veículo caiu dentro do Igarapé do Almoço, no Bairro Canaã. Os criminosos empreenderam fuga por uma área de mata e não foram encontrados até o momento.

A caminhonete foi retirada do local e levada para a Delegacia de Flagrantes (Defla). Algumas partes do veículo ficaram destruídas por conta dos tiros de fuzil e da queda no igarapé. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (DCORE).

PM e bandidos trocaram tiros (Foto: AAP)

Roubo e sequestro

Na terça-feira (17), já havia ocorrido um roubo a uma caminhonete em Rio Branco. A vítima ainda foi sequestrada pelos assaltantes. O fato aconteceu na esquina das ruas Marte e Abacate, no Bairro Morada do Sol.

O homem estava indo para uma partida de futebol, mas ao se aproximar do cruzamento foi abordado por homens armados, que o renderam e fugiram levando a caminhonete e o motorista.

A vítima foi acorrentada e mantida em cativeiro no Conjunto Rui Lino, mas conseguiu se fugir do local horas e pediu ajuda para acionar a Polícia Militar. Como o sequestro foi divulgado amplamente nas redes sociais, os bandidos abandonaram o veículo em outro local e fugiram.

Facção procura por veículos novos

Segundo informações extraoficiais, uma das facções criminosas que denominam diversos bairros de Rio Branco e vários municípios do estado, determinou que seus membros tentem roubar carros, de preferência que sejam novos, para que sejam levados para a Bolívia.

Há alto interesse comercial por essas caminhonetes no país que é vizinho do Acre, pois elas podem ser trocados por armas e drogas. A ação visaria repor os materiais que a polícia tem apreendido no estado durante as últimas semanas.