Uma ação rápida da Polícia Militar na manhã desta terça-feira (17) resultou na apreensão de dois adolescentes, sendo um de 15 e outro de 17 anos, membros de uma facção criminosa, no Bairro Canaã, em Rio Branco. Um dos jovens ainda ficou ferido após trocar tiros com a polícia.

A PM foi acionada para atender a ocorrência de um roubo em andamento na Rua Durval Camilo e, ao chegar no local, os policiais se depararam com os dois adolescentes saindo da residência da vítima, que é um empresário da região. Os menores estavam com armas em punho e chegaram a apontar na direção da guarnição, que já havia desembarcado da viatura, mas os militares foram mais rápidos e efetuaram disparos contra os assaltantes.

O menor de 15 anos acabou sendo atingido com um disparo na altura do joelho. Já o outro menor de 17 anos empreendeu fuga com uma arma em punho e antes de entrar em uma das ruas que dão acesso ao bairro Recanto dos Buritis, ele apontou a arma na direção da guarnição que o acompanhava, mas os PMs reagiram e efetuaram mais disparos na direção do criminoso, porém, ele ainda conseguiu se evadir do local e foi capturado somente após a chegada de reforço policial.

Segundo a PM, os menores também estavam portando armas brancas durante o roubo, e conseguiram subtrair dinheiro e telefones celulares do proprietário da casa e de outros familiares dele que estavam no local, além de falarem constantemente tinham ‘recebido a ordem’ de roubar o veículo e uma motocicleta da família.

Na ação criminosa, as vítimas foram torturadas fisicamente e psicologicamente, e uma delas acabou sendo lesionada na cabeça, região facial e pescoço, por coronhadas, golpes de faca e esganadura.

Após a ação da PM para capturar os assaltantes, o adolescente ferido na troca de tiros foi encaminhado ao pronto-socorro de Rio Branco em estado de saúde grave, e o outro menor foi conduzido a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), para os procedimentos cabíveis.