O motorista de aplicativo Jorge Soares, 24 anos, que estava desaparecido desde a noite desta quinta-feira (13), foi encontrado na madrugada desta sexta-feira (14), no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco.

De acordo com informações repassadas para a reportagem, Jorge foi vítima de um sequestro, quando atendeu uma solicitação de corrida do Bairro Airton Senna, na região nada Baixada da Sobral, para a Cidade do Povo, mas ao chegar ao seu destino, foi cercado e rendido por vários criminosos inclusive os que estavam dentro do carro.

Segundo o profissional, ele foi levado para uma área de mata que fica localizada aos fundos da Cidade do Povo. O profissional disse que policiais e os outros motoristas de aplicativo passaram bem próximo a ele, mas ele não poderia gritar e nem pedir ajuda, pois um dos criminosos estava apontando uma arma para a sua cabeça.

O motorista também relatou que chegou a pensar “que iria ser morto”, mas depois de algumas horas ele foi liberado e levado por amigos até a Delegacia da Cidade do Povo, onde prestou o seu depoimento.

Jorge não foi agredido fisicamente, mais está abalado psicologicamente. O caso agora será investigado pela Delegacia da Polícia Civil da Cidade do Povo.