Foto: Divulgação/Iapen

O preso Carlos Queiroz de Souza, de 34 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (10) dentro da cela 30 do pavilhão A do Complexo Penitenciário de Rio Branco. Ele havia dado entrada no presídio na segunda-feira (9), pelo crime de homicídio.

De acordo com nota do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), o detento dividia cela com mais 25 presos, que informaram aos policiais penais de plantão, por volta das 2h, que o detento estava gemendo de dor e silenciando em seguida.

Queiroz foi levado até à frente do pavilhão, enquanto aguardava o atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Mas ao chegar ao local, a unidade móvel apenas confirmou o falecimento do presidiário.

O Iapen aguarda o resultado da perícia e dos laudos do Instituto Médico Legal (IML), para constatar qual a causa da morte. Os 25 detentos que se encontravam na cela serão encaminhados à Delegacia de Flagrantes para os procedimentos necessários e abertura de inquérito policial.