O trabalhador José Moisés de Lima, de 26 anos, foi morto a tiros, na tarde desta terça-feira (19), no Bairro Alto Alegre, no km 1 da Rodovia AC-10, Estrada de Porto Acre, em Rio Branco.

De acordo com informações de colegas de trabalho da vítima, Moisés prestava serviços para uma empresa quebrando asfalto na estrada, quando dois homens chegaram em uma motocicleta, o garupa desceu do veículo e, de posse de uma arma de fogo, efetuou cinco disparos, sendo que dois dos tiros atingiram o homem, um na cabeça e outro no braço direito.

Amigos da vítima acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando os socorristas chegaram no local, só pode atestar a morte do trabalhador. A área foi isolada para os trabalhos da perícia criminal. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede, onde serão realizados os devidos exames cadavérico.

Policiais Militares estiveram no local do ocorrido, colheram informações sobre os criminosos e fizeram buscas na região, mas ninguém foi encontrado até o momento. A motivação do crime, segundo a polícia, seria a guerra entre facções. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.