O comerciante Antônio de Souza Costa Araújo, de 67 anos, foi morto por disparo de arma de fogo, na manhã desta segunda-feira (4), dentro da própria casa localizada na colônia São Francisco, próximo a Vila Caquetá, no km 72 da Estrada de Boca do Acre, interior do Acre.

Segundo informações da família, dois criminosos ainda não identificados chegaram na colônia em uma motocicleta pedindo ajuda de Antônio, alegando que o veículo estava com problemas mecânicos. A vítima ajudou e a dupla foi embora. Porém, os bandidos esperaram até que membros da casa saíssem, para voltarem até o local e realizarem um assalto na residência.

Após alguns minutos, os criminosos voltaram e viram Antônio dentro da casa, trabalhando. Os bandidos invadiram o local, apontaram armas de fogo para o comerciante e anunciaram o assalto. Antônio, que estava com um terçado na mão, reagiu, indo para cima dos assaltantes que, em seguida, efetuaram um disparo que atingiu o idoso no peito esquerdo.

Um irmão de Antônio, que estava na residência no momento do ocorrido, ouviu o barulho do tiro e correu para dentro de um quarto para pegar uma espingarda de caça. Porém, os criminosos fugiram antes que o parente da vítima agisse. Os bandidos foram embora sem levar nada. Antônio não resistiu ao ferimento do tiro e morreu no local.

O irmão do comerciante chegou a acionar a Polícia Militar, que esteve no local do ocorrido, colheu informações sobre os criminosos e fizeram buscas na região, mas ninguém foi encontrado até o momento.

Os policiais isolaram a área para os trabalhos da perícia. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede em Rio Branco, onde serão realizados os devidos exames cadavérico. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).