Leonardo de Oliveira de Paula, de 36 anos, foi encontrado morto dentro de um poço de água numa área de mata, na manhã desta terça-feira (8), na Rua São João, no Residencial Carandá, em Rio Branco.

Segundo informações de moradores, vários urubus estavam voando sobre a área e um morador, por curiosidade, foi até o local e acabou achando o corpo de Leonardo. O cadáver estava sem os olhos e havia diversos sinais de tortura pelo corpo.

A Polícia Militar esteve no local e isolou a área para os trabalhos da perícia. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede, onde serão realizados os devidos exames cadavérico.

Segundo uma pessoa da família que esteve no local, o homem estava desaparecido desde a última sexta-feira (4), quando, por volta das 5h da manhã, Leonardo saiu para trabalhar e não voltou mais. A esposa da vítima informou que ele havia dito que iria “fazer algo” antes de ir para o serviço.

A família acredita que a motivação do crime tenha sido um acerto de contas. As informações dos parentes ajudarão na investigação do caso, que será realizada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Edição: Redação Alerta Acre