O professor José Augusto de Freitas, de 56 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (18) dentro de sua residência, localizada no Ramal São José, no Bairro Belo Jardim I, em Rio Branco.

Segundo informações de populares repassadas ao Alerta Acre, o professor era homossexual e teria passado a noite na companhia de um rapaz, ainda não identificado, que durante a madrugada foi visto entrando em um carro levando objetos da casa do Freitas.

Pela manhã, os populares estranharam ao ver que a residência estava aberta e que o professor não tinha saído do local. Vizinhos decidiram entrar na casa e encontraram Freitas sobre a cama, sem as roupas, com pescoço degolado e o corpo perfurado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os socorristas chegaram no local, só constataram a morte do professor.

A Polícia Militar também esteve no local e isolou a área para os trabalhos da perícia. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).