O monitorado por tornozeleira eletrônica Marcelo Lima da Cruz, 27 anos, foi ferido por 3 tiros na manhã desta quarta-feira (28). O fato aconteceu na Rua Estácio de Sá, no Bairro Bahia Nova, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

Segundo informações da esposa da vítima, vários criminosos chegaram no apartamento do homem, perguntando em que pavilhão Cruz ele “tinha puxado cadeia”. A vítima respondeu que foi no Pavilhão A (onde uma única facção fica). Segundo a esposa do apenado, ele não faz parte de nenhuma facção, e estava lendo a bíblia sagrada no momento em que os criminosos chegaram no local.

Após o interrogatório, os bandidos tiraram uma foto da vítima e saíram, retornando minutos depois, pedindo para esposa sair do apartamento. Quando a mulher voltou para o local, Marcelo já tinha sido ferido por 3 tiros, sendo um no rosto e dois nas costas. Os autores do crime fugiram do local após a ação.

Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que esteve no local e encaminhou o jovem ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), em estado grave.

Policiais Militares do 3° Batalhão estiveram no local do ocorrido, colheram informações sobre o autor do crime e fizeram buscas na região, mas ninguém foi encontrado. A polícia disse que a motivação do crime seria a guerra entre facções. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).