O delegado Fabrizzio Leonard da Silva Sobreira, coordenador da 4° Regional de Polícia Cívil, apresentou, na manhã desta quinta-feira (22), cinco pessoas acusadas de matar Lorinete Ribeiro da Costa, de 73 anos, no Ramal Abib Curi, zona rural do Bujari, interior do Acre.

Os presos são Kenedy Ribamar da Costa, 21 anos, Frank de Anderson Alencar, 28, Thiago Ferreira da Silva, 19, Daniel Lúcio Alves, 20, e Taníldo Araújo da Silva da Cunha, 32.

Durante as investigações, a polícia apurou que os criminosos invadiram a casa da vítima para roubar dinheiro e objetos de valor da família. Os bandidos fizeram Lorinete e seu filho de reféns. O marido tentou defender a família efetuando um disparo com uma arma de fogo contra os criminosos, mas acabou atingindo a mulher, que morreu antes de ser socorrida.

A Polícia Civil conseguiu prender três pessoas envolvidas no crime, e também conseguiu identificar mais outros três. Ao todo, cinco foram presos, sendo que um deles estava fora do estado do Acre. “Ainda tem um deles que está foragido, mas já identificamos. Estamos entregando o caso devidamente apurado e esclarecido para a sociedade, dando resposta rápida e colocando todos os envolvidos a disposição do poder judiciário”, disse o delegado.