A secretaria estadual de Segurança Pública apresentou, na manhã desta quarta-feira (14), no 3° Batalhão, 72 homens das polícias civil e militar e Corpo de Bombeiros que foram selecionados para o Grupamento Especializado em Fronteiras (Gefron).

O Gefron atuará em forma integrada de todas as forças de segurança do estado do Acre, com o suporte financeiro do Governo Federal, no trabalho de inteligência, patrulhamento e cumprimento de mandados na região de fronteira.

O secretário de Segurança, Paulo Cézar, disse que o grupamento começará a atuar no próximo mês. Ele também informou que um curso de capacitação com os agentes que farão parte do grupamento será realizado neste mês.

“Temos como propósito iniciar já no mês de setembro. Teremos, a partir do dia 19 [deste mês] um curso de capacitação, onde instrutores do Gefron Mato Grosso estão presentes aqui no estado do Acre”, disse Paulo Cézar.

O coordenador do grupamento, Coronel Ulysses Araújo, disse que esse projeto é uma questão de soberania, de segurança nacional e não se limita apenas ao estado do Acre, tendo em vista que quando se fala em fronteira, abrange o país e o mundo.

“O Gefron é um policiamento diferenciado, precisamos de um treinamento especial, são técnicas de operações especiais, pois vamos lidar com o narco terrorismo. São organizações criminosas que serão afetadas pelo combate ao crime organizado que mexe com bilhões de dólares”, disse Ulysses.

Coronel Ulysses é coordenador do Gefron-AC (Foto: Ithamar Souza/AAP)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here