Para garantir que a cavalgada e os dias de feira da Expoacre 2019 ocorram com tranquilidade, o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) prestou esclarecimentos sobre como funcionará o esquema de segurança durante o evento. Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, ISE e Iapen participaram de uma coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira, 23.

Centenas de homens estarão envolvidos na fiscalização e segurança durante o evento: 210 durante a cavalgada, 186 em dias de show e 160 nos demais dias. “De forma inédita nós estamos levando uma plataforma de vídeo-monitoramento fixo, com uma central e também com drone, que apoiará o efetivo empregado no policiamento ostensivo da Expoacre. Com isso, queremos garantir a segurança da população que se fará presente no evento”, disse o secretário de Segurança Pública, Paulo Cézar Santos.

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar do Acre, TC Ezequiel Bino, tanto no âmbito da feira, como na parte externa e nos bairros da capital, a segurança vai estar muito forte. “Estamos fazendo um esforço muito grande. Durante a feira já empregaremos os alunos-soldados que estão no período de estágio, de forma que teremos um efetivo muito bom para que ocorra tudo bem durante o evento”, completou.

O Corpo de Bombeiros faz um trabalho de vistoria nos comércios e restaurantes instalados na feira para verificar se possuem itens de segurança e proteção de combate a incêndios.

“O Bombeiro vai dar prioridade na fiscalização, principalmente em bares e restaurantes, no parque de diversão e passar o devido atestado de regularidade conforme a legislação estadual. Nosso objetivo maior é dar o máximo de segurança a todos os usuários desses estabelecimentos “, disse.

A Polícia Civil terá uma delegacia dentro do Parque de Exposições. “Nós teremos uma delegacia de flagrantes instalada dentro do parque, onde iremos atender todas as demandas ocorridas no interior da Expoacre, desde crime de menor potencial ofensivo, até furtos e roubos”, finalizou.