Uma criança de 5 anos foi atingida com um tiro de espingarda na tarde deste sábado (29) no Ramal do Pelé, em Sena Madureira, no interior do estado. O tiro foi dado pelo irmão do menino, de 8 anos, de forma acidental.

De acordo com a polícia, o menino de oito anos encontrou a arma do avô e acabou disparando sem querer no irmão.

“Na casa, tinha uma criança de oito anos e outra de cinco, que são irmãos. A de oito anos, mesmo com a arma escondida, conseguiu pegar alguma coisa para alcançar a arma. O disparou passou pela parede e atingiu a criança”, explica o tenente da PM, Fábio Diniz.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez os primeiros atendimentos ao menino. A criança chegou a ser levado para o Hospital João Câncio, mas, devido a gravidade dos ferimentos, foi transferida para Rio Branco.

O estado da criança, segundo o Samu, é grave. O menino foi transportado sem acompanhante. Por isso, o Conselho Tutelar foi acionado. O menino teve ferimentos no tórax e crânio devido aos disparos.

Ainda segundo a polícia, as duas crianças estavam sozinhas em casa no momento do acidente. Todas as informações foram colhidas no local pela PM e repassadas à Polícia Civil. O G1 tentou ouvir a Polícia Civil para saber como encaminharia as investigações, mas não obteve retorno.