O monitorado por tornozeleira eletrônica Jonathan Wendel Ribeiro Rodrigues, de 26 anos, foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (27), na Rua 16 de Julho, no Bairro Boa União, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

De acordo com informações de populares, dois homens armados, que trafegavam em uma motocicleta, chegaram na rua lateral da residência, entram no terreno e arrombaram a porta da casa da vítima. Ribeiro, sua esposa e três crianças estavam na sala da residência.

Antes de ser morto pelos criminosos, Ribeiro, que estava com um bebê no colo, pediu aos assassinos para colocar a criança no sofá. Quando o homem soltou o bebê, os bandidos efetuaram cerca de três tiros contra a vítima e, em seguida, fugiram do local.

Após a execução, a esposa de Ribeiro correu para a rua e pediu ajuda aos vizinhos, que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que esteve no local, mas os socorristas só puderam constatar que o homem estava morto. O corpo de Ribeiro foi levado à sede do Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Militar também esteve no local e fez o isolamento da área até a chegada da perícia. Os militares ainda colheram informações e tentaram procurar pelos criminosos, mas ninguém foi encontrado.

Populares disseram que o homem tinha envolvimento com organizações criminosas e que o fato possa estar relacionado com o crime. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).