Foto: Ilustração/Internet

Os moradores da Baixada da Sobral, em Rio Branco, que saem de casa durante a madrugada para pegar o primeiro ônibus para chegar ao trabalho, reclamam da falta de segurança nas ruas da região.

Segundo algumas pessoas que estavam em uma parada de ônibus próxima ao forró “Papo de Esquina”, às 5h da manhã de segunda-feira (24), uma caminhonete de cor branca passou pelo local e dentro do veículo estavam vários homens fortemente armados.

Os populares disseram que os homens atiraram para cima e saíram do local em alta velocidade, em direção ao Bairro Cabreúva. Alguns moradores disseram que talvez os criminosos não sejam da região.

Em outro relato, ainda no mesmo dia, moradores dos Bairros Boa Vista, João Paulo II, São Sebastião, Sobral e Plácido de Castro, disseram ter ouvido, por volta de 1h da manhã, uma ‘rajada’ de tiros, que podem ter sido disparados com uso de uma submetralhadora.

Os populares ainda contam que o local onde os disparos podem ter sido efetuados fica próximo do Terceiro Batalhão da Polícia Militar, os “Guardiões da Baixada”.

Segundo os moradores, o risco de acontecer algum assalto ou homicídio na região, neste horário, é alto. A comunidade solicita mais atenção do poder público para a localidade.