Mais uma denúncia foi protocolada na Justiça acreana contra a deputada federal pelo Solidariedade, Vanda Milani. A mais recente ação que tramita na Justiça foi impetrada por uma apoiadora, Rosângela Pereira de Freitas, que pede indenização de R$ 39 mil reais a atual deputada.

Além de requerer o pagamento de R$ 39 mil a titulo de indenização, a denunciante diz ainda que no momento propício irá entregar à Justiça provas de que a deputada comprou votos.

Rosângela alega que ajudou na campanha eleitoral de Vanda em 2018 sob a promessa de ajuda financeira após o pleito, haja vista que a autora da ação contra a parlamentar diz ter trabalhado na campanha com recursos próprios.

A autora diz ainda que ela e um senhor chamado Josué procuraram um acordo amigável com Vanda, mas não conseguiram por suposta falta de interesse da deputada. A denunciante afirma, ainda, que possui provas de suposta compra de votos feitas por Vanda Milani durante o pleito de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here