O trabalhador rural Agicélio Miciano da Silva, de 34 anos, foi morto com um tiro na cabeça nesta quinta-feira (9) no ramal da Liberdade, no km 62 da Transacreana, em Rio Branco.

Homens que usavam fardas da polícia atolaram um carro no ramal, saíram do veículo e realizaram um arrastão em seis propriedades rurais da região.

Durante uma dessas ações, Miciano, que estava em casa, foi amarrado e tentou fugir pulando uma janela, mas um dos criminosos viu e acabou alvejando o homem com tiro na cabeça. Miciano não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo, mas o “Rabecão” acabou atolando no ramal e precisou de ajuda para ser retirado da lama.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).