Quatro pessoas foram indiciadas pela morte da jovem Vanessa dos Santos Nascimento, de 15 anos, no dia 14 de fevereiro, próximo ao presídio de Senador Guiomard. O corpo da garota foi encontrado por populares.

O delegado responsável pelo caso, Roberto Lusena, disse que o crime foi motivado por conta de brigas entre facções. Vanessa estava se relacionando com um homem que era integrante de um grupo criminoso.

Os familiares da jovem informaram, na época do crime, que a garota estava grávida, mas, após ser feito o exame no Instituto Médico Legal (IML), a gravidez não foi confirmada.

A jovem foi morta com três tiros, e os criminosos ainda gravaram um vídeo da ação, que foi obtido pela reportagem do Alerta Acre, e depois se espalhou pelas redes sociais.

Nas imagens, a garota aparecia ajoelhada e os criminosos perguntavam: “Bora, fala aí. O que tu passou pro Coringa?”. Ela responde que não teria dito nada, mas acaba sendo baleada e cai no chão.

Após cometerem o crime e fugirem, três pessoas foram presas em flagrante. O quarto envolvido foi preso através de mandado. Todos os suspeitos cumprem pena no presídio Francisco D’Oliveira Conde, na capital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here