Uma roda de capoeira idealizada e coordenada pelo Professor Chiclete, vem chamando a atenção das pessoas que passam pelo Mercado Velho nos primeiros domingos de cada mês, em Rio Branco.

Segundo Chiclete, diversas pessoas participam da roda, e que o evento é um momento de lazer para todos. “A ideia da roda é promover a capoeira enquanto cultura de inclusão social. É uma alternativa de lazer para a sociedade do estado do Acre”.

O professor ainda contou que um momento marcante no domingo foi a participação de crianças e cadeirantes. Vários pequenos sorriam, contagiados pela animação que a roda proporciona.

(Foto: Cedida)

O projeto é realizado desde 2015, pelo Grupo Senzala de Capoeira em parceria com vários grupos de capoeira, entre eles, Besouro Preto, Cordão de Ouro, Axé, Acrebrasil, Abaeté e Raízes.

A roda visa unir as bandeiras de todos os grupos de capoeira em um projeto que promove a cultura como algo relevante e de valor para o estado do Acre.

Todo o primeiro domingo de cada mês, às 15h, o evento é realizado no Mercado Velho, as pessoas podem chegar no local e apreciarem as atividades, ou também participarem, junto com os mestres de capoeira, professores e alunos da arte.