A jovem Kayra Vidal Lima, de 17 anos, foi morte na noite de domingo (7) após ser baleada em casa no Ramal do Judia, no Bairro Belo Jardim, em Rio Branco. De acordo com familiares, Kayra pode ter sido assassinada por se negar a namorar um dos líderes de uma facção criminosa.

De acordo com informações da polícia, a jovem estava dentro de casa quando homens armados invadiram a residência, levaram ela para o quintal e começaram a atirar contra a vítima. Kayra foi atingida com quatro tiros na cabeça e um na mão.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e esteve no local, mas a vítima não teria resistido aos ferimentos e já estava sem vida. Segundo a família, Kayra morava com a tia no Panorama e estava há poucos dias no Belo Jardim.

A Polícia Militar esteve no local e colheu informações do ocorrido, mas não conseguiram muitos detalhes, pois no local impera a ‘lei do silêncio’.

Populares contaram que os acusados ainda perguntaram aos vizinhos onde Kayra morava, e logo em seguida a mataram a garota.