Em um áudio vazado nas redes sociais nesta quarta-feira (3), o deputado estadual José Bestene orientou aos eleitores que estão insatisfeitos com as nomeações do governo a baterem duro nas redes sociais de Gladson Cameli. O áudio foi gravado durante uma ligação entre um apoiador e o deputado.

A ligação começa com um homem chamado “Tonho” (Antônio), falando sobre as nomeações de petistas no governo de Gladson. O deputado responde que vai até a casa de Tonho para conversar pessoalmente, mas orienta a criticar o governador nas redes sociais sobre o assunto.

Após a conversa, o telefone é passado para uma mulher identificada como Neide. O deputado volta a dizer que está magoado com ‘todas as frescuras que vêm acontecendo’, segundo as próprias palavras do parlamentar.

“Estou muito chateado, muito magoado com estas frescuras que vem acontecendo aí. Tem que bater duro [no governo], tem que bater direto nas redes sociais”, diz o deputado na ligação.

Após a divulgação do áudio, o deputado afirmou que não há nenhum atrito com Gladson, e disse que não mandou “bater” no governador, nem do governo do estado, mas orientou que o eleitor fizesse o que bem quisesse.

Bestene disse, por meio de uma nota, que foi vítima de armação política, e garantiu que não aceitará que tentem sujar a honra dele. O deputado ainda disse que não concorda que petistas fossem nomeados no governo de Gladson.

Nota de José Bestene

Não vou aceitar armações.

“Não vou aceitar que tentem sujar minha honra.

Não sou homem de fazer jogo sujo.

Sou um defensor do governo Gladson Cameli, que ajudei a eleger, de quem sempre estive ao lado e por quem tenho respeito.

É fato que não concordo com a nomeação de algumas pessoas que são ligadas aos partidos da extinta Frente Popular, de maneira especial do PT.

Minha indignação maior é com aqueles que, nomeados em nosso projeto, ficam zombando de nossa militância. Uma verdadeira injustiça!

Por isso, disse e repito: vamos responder ao ataque desses covardes nas redes sociais, sim. Não vamos permitir que fiquem zombando de nossa luta.

Quem me conhece sabe do meu caráter. Essas armações serão combatidas. E mais uma vez convido os amigos a responderem aos zombadores. Ontem estavam lá do outro lado. Hoje estão em nosso governo, zombando de nós!

Respeitem minha história!

Respeitem aqueles que me elegeram para defender o povo!”.