O agente da Polícia Civil, Juscelino Queiroz Oliveira, de 30 anos, foi baleado por um policial militar na noite deste sábado (16), após ser confundido com um criminoso quando tentava evitar um assalto no Bairro Estação Experimental, em Rio Branco.

De acordo com informações de populares, dois homens armados tentavam assaltar um motociclista e, ao perceber a ação dos criminosos, o Policial Civil efetuou disparos e perseguiu os bandidos.

O PM estava em uma festa de aniversário próximo do local do ocorrido e ouviu oo barulho dos tiros. Quando ele saiu na rua, viu o Policial Civil correndo com a arma na mão, e pensou que era um criminoso. O militar então atirou contra o agente, que foi atingido na perna, braço e peito.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, prestou os primeiros atendimentos e encaminhou Juscelino ao Pronto-Socorro de Rio Branco. O agente foi internado em estado de saúde grave e necessita de doações de sangue do tipo O+.

Homens da Polícia Militar estiveram no local do ocorrido, colheram informações sobre os assaltantes e realizaram rondas na região, mas ninguém foi preso até o momento. O PM que atirou no agente de Polícia Civil foi conduzido à Delegacia de Flagrantes (Defla), para prestar esclarecimentos.