Urgente

O prefeito de Senador Guiomard, André Maia, foi solto na tarde desta sexta-feira (22). Maia foi preso em dezembro de 2018, durante a Operação Sarcófago da Polícia Federal, suspeito de comprar favores e apoio político, desvio verba públicas e fraude em licitações.

Outras quatro pessoas também foram presas durante a operação, entre elas o secretário de Finanças do município, Deusdete Cruz e o advogado Wellington Frank. A ordem de soltura foi assinada pelo desembargador Laudivon Nogueira, relator do processo.

Mesmo Maia estando solto, não poderá reassumir o cargo novamente, pois o desembargador Laudivon Nogueira, determinou a suspensão do gestor do exercício das funções públicas pelo prazo máximo de seis meses. Deusdete Cruz também está impedido de responder como Secretario de Finanças de Senador Guiomard.

Além disso, André Maia, Deusdete Cruz e Wellington Frank deverão comparecer em juízo a cada 30 dias para informar e justificar suas atividades.

Os investigados também não poderão se ausentar do Estado sem prévia autorização da Justiça, devendo permanecer na cidade em que residem enquanto a investigação estiver em andamento.