Na manhã desta quarta-feira (20), depurados estaduais quase iniciaram uma briga durante uma sessão na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Os seguranças da Casa precisou intervir para que não nada pior ocorresse.

Segundo a agência ContilNet, o deputado Fagner Calegário (PV) subiu à tribuna para questionar os contratos do governo com as empresas terceirizadas, que segundo ele, está com pagamentos atrasados. No momento da fala, Calegário foi chamado de “ridículo” pelo líder do governo na Casa, deputado Gehlen Diniz (PP).

O deputado Roberto Duarte (MDB) já havia entrado em uma discussão com Gehlen Diniz e decidiu aderir ao bate-boca desta quarta, dizendo no plenário: “Olha o tipo de líder que o governador Gladson tem. Você não vai nos levar no coice”.

Ainda de acordo com a ContilNet, uma briga quase aconteceu entre os deputados dentro da Aleac e os seguranças do local precisaram conter os parlamentares. A sessão foi suspensa e os deputados buscam entendimento.