Polícia cerca área de complexo industrial onde um atirador está posicionado em Aurora, Illinois, Estados Unidos - 15/02/2019 (NBC/Reprodução)

Um atirador abriu fogo nesta sexta-feira, 15, em uma indústria da cidade de Aurora, no estado americano de Illinois. Pelo menos uma pessoa foi morta. Policiais e vários civis foram feridos e levados ao Hospital Bom Samaritano, segundo o jornal Daily Herald, de Chicago.

Vários civis também foram atingidos, mas não havia confirmação sobre a situação deles. Uma testemunha afirmou à TV americana que o atirador é um empregado da empresa e foi “apreendido”, segundo autoridades. Um hospital local informou à TV CNN que aguardava “múltiplos pacientes” do incidente. 

A Polícia havia informado mais cedo pelo Twitter que estava atendendo a uma ocorrerência envolvendo um “atirador ativo”. Imagens aéreas transmitidas por canais de notícias locais mostraram dezenas de veículos de emergência fora da Henry Pratt Company. A empresa fabrica válvulas para os mercados de “água potável, águas residuais, geração de energia e industriais”, segundo seu site.

Em entrevista à ABC7 de Chicago Clayton Muhammad, diretor de informação pública de Aurora, os policiais feridos estavam em “condições estáveis” e que o suspeito foi “neutralizado”, embora não indique se o suspeito foi preso vivo ou morto. 

O presidente americano Donald Trump foi informado sobre a situação, segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders. Até o fechamento desta matéria, a informação era de que o suspeito teria sido preso.

Segundo informações do The Washington Post