Policiais militares em uma ação conjunta entre batalhões prenderam na noite desta quarta-feira (13), Francisco Joab Craveiro de Figueiredo, no Bairro Aroeira, região do Calafate, em Rio Branco.

O homem de 24 anos é suspeito de ter participação em um crime de homicídio ocorrido na tarde de terça-feira (12), na Rua Jerusalém do Conjunto Laelia Alcantara e com ele os policiais apreenderam uma arma de fogo provavelmente a utilizada para o crime.

A guarnição do 4° Batalhão estava em patrulhamento pela Rua 11 do referido bairro, quando teriam avistado o suspeito considerado foragido, andando normalmente em via pública. Logo ao perceber a aproximação da viatura, ele saiu correndo, pulando muros e invadindo quintais na intenção de se esconder das autoridades policiais.

Durante a perseguição, o homem chegou a efetuar um disparo contra a guarnição que revidou e solicitou em seguida, apoio das demais guarnições para a captura do criminoso.

Após buscas na região, Francisco Joab foi localizado dentro de uma residência, escondido debaixo de uma cama. Perguntado sobre a localização da arma que já não foi encontrada com ele, o suspeito informou que teria jogado debaixo de uma residência localizada no início da rua. Os policiais foram até o local e conseguiram encontrar o armamento com o mesmo calibre usado na execução.

Katrine Lopes da Silva, também idade de 24 anos, foi assassinada na frente da filha, por três homens que invadiram sua residência e armados efetuaram diversos disparos. Um dos projéteis acertou a cabeça da vítima que morreu no local. A filha foi encontrada com lesões pelo corpo e foi levada ao hospital da capital avaliação para médica.

Francisco Joab, tido como um dos suspeitos no crime, foi entregue na Delegacia de Flagrantes (Defla), juntamente com a arma de fogo que deve passar por perícia. Ele deverá responder pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.