O prédio da prefeitura de Manoel Urbano foi invadido na madrugada desta quinta-feira (7). Os criminosos furtaram do local um notebook e o HD com os arquivos das câmeras de segurança, que teriam registro da suposta tentativa de envenenamento ocorrida na quarta-feira (6).

“Levaram o computador que eu usava para fazer os pagamentos dos servidores, com arquivos importantes da Prefeitura, o HD das câmeras e fizeram uma bagunça pichando tudo. Agora, o prédio está isolado”, contou o prefeito da cidade, Tanízio Sá.

Nesta quarta-feira (6), garrafas de água com coloração e odor diferentes foram encontradas no gabinete do prefeito. Uma servidora passou mal após tomar a água do local. O alvo era o prefeito Tanízio Sá.

Dois delegados da Polícia Civil do estado do Acre foram enviados ao município e investigam a tentativa de envenenamento ao prefeito. Até o momento, ninguém foi preso.