Nesta quarta-feira (6), uma servidora da prefeitura de Manoel Urbano passou mal após tomar água no gabinete do prefeito do município, Tanízio Sá (MDB). O prefeito acredita que o alvo da tentativa de envenenamento teria sido ele. A Polícia Civil está investigando o caso.

O envenenamento se deu quando a funcionária, que não teve o nome divulgado, tomou uma água que estaria com algum produto que causou reação. A servidora foi encaminhada ao hospital do município. A desconfiança do prefeito é que tenham usado soda cáustica para contaminar a água.

Tanízio Sá disse que o fato não vai deixá-lo abatido. “Uma coisa que não tenho na minha vida é medo. Vim para cá com um propósito e vou cumprir minha missão, doa em quem doer. Estou firme. Vou continuar o que tenho que fazer. Quem fez isso vai ser penalizado”, declarou o prefeito.

Tanízio demitiu, recentemente, servidores contratados por meio de concurso público alegando superfaturamento na folha de pagamento do município. A situação, de acordo com a gestão, estaria ferindo a lei de responsabilidade fiscal.