O Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac), localizado em Rio Branco, não consegue mais atender a alta demanda que a unidade tem todos os dias. Cerca de 200 pessoas procuram o hospital para realizar algum serviço diariamente, além de 50 pessoas que estão internadas no local.

O Hosmac conta com 81 servidores, que trabalham para tentar atender todos os pacientes que por ali passam. O número necessário de funcionários na unidade é de, no mínimo, 130 profissionais nos diferentes setores.

Além de ter poucos servidores trabalhando no local, o cabo de fibra óptica da unidade se rompeu há mais de 2 meses, com isso, o hospital não tem como oferecer serviços que utilizam o sistema informatizado, tendo assim, os atendimentos prejudicados.

“No momento foi enviado um documento para secretaria de saúde e estamos aguardando providências. A população de um modo geral é prejudicada porque todo nosso agendamento ele é on-line”, disse Marcos Araripe, diretor do Hosmac.

Um levantamento sobre as necessidades do hospital será feito, porém, não há recursos para investir na unidade. Enquanto isso, os funcionários estão utilizando a internet do próprio celular ou indo até outras unidades para não deixar o atendimento do Hosmac parado.