A idosa chamada Darcy Oliveira, 75 anos, que morreu por complicações clínicas pelo procedimento de hemodiálise no dia 8 de janeiro e foi sepultada no dia 9, teve o seu túmulo violado e incendiado. O fato aconteceu em Plácido de Castro, no interior do Acre. Não se sabe a motivação do ocorrido.

No último final de semana, os parentes foram visitar o túmulo da mulher no cemitério São João Batista, e encontraram o local vandalizado e o incendiado. Os familiares registraram um Boletim de Ocorrência na delegacia. A família aguarda a polícia apurar o caso.

O caixão não foi retirado do local, mas os parentes acreditam que o crânio possa ter sido retirado. A prefeitura de Plácido de Castro cuida do cemitério, mas nenhum vigilante trabalha no local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here