Depois que foram divulgados os novos chefes e diretores de secretarias do governo Cameli, as discussões estão intensas nas redes sociais. Não é para menos, por mais que o clima de despetização não tenha passado e que alguns infiltrados ainda estão procrastinando no novo governo, o anúncio divulgado amplamente pela imprensa fez uma parte da antiga oposição ficar contente.

Os nomes foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (17)

 

Renê Fontes – Chefe de departamento do Instituto de Administração Penitenciária

Não preciso e nem vou esconder de ninguém a simpatia que tenho pelo Renê Fontes. Claramente, fui um dos que depositou o voto e a confiança nele no último pleito.

A escolha de Gladson, em colocar Renê como chefe do departamento, além de ser por ele ter sido um fiel combatente de sua campanha, foi também uma escolha técnica, além de ser formado em Direito, tem carreira como agente penitenciário.

João Paulo Bittar – Chefe de departamento do Instituto de Assistência e Inclusão Social

Não vou entrar no mérito de comentar se o filho do novo Senador Márcio Bittar seja uma escolha técnica ou não de Gladson, logicamente foi uma indicação de seu pai que já conseguiu empregar no Depasa o Josenil Costa Chaves, seu compadre e também seu irmão, Edson Martins Siqueira, no cargo de diretor.

Bom, por mais que eu não concorde com essa nomeação, quem vocês queriam que assumisse a pasta? Os filhos do Viana? Logicamente que não, o espaço deve ser disponibilizado para quem trabalhou na campanha e não o contrário, ora bolas. Mas, o que me incomoda nessa questão é que alguns políticos infelizmente ainda têm essa mentalidade esdruxula.

E lá vamos nós de novo

Honestamente, não escrevo há muito tempo nessa coluna, ainda não tenho um prestigio que se possa comparar as colunas como a do Crica, mas consigo saber um pouco dos bastidores da política acreana. Esses dias estavam me falando de novo sobre essa tal de ”despetização”. Bom, para mim esse é um assunto que já morreu, mas todavia, como eu não controlo os meus leitores, esse assunto infelizmente está voltando.

Um clima de insatisfação ainda ronda alguns núcleos partidários, reclamações continuam constantes e ”denúncias” sobre petistas que estão sendo laureados com cargos estão se tornando corriqueiros, fato que já era pra ter sido solucionado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here