O empresário Fernando Lage concedeu entrevista à imprensa na manhã desta segunda-feira (19) afirmando que o Acre precisa urgentemente reorganizar seu setor produtivo para voltar a ser competitivo no agronegócio. Lage afirma que o Acre precisa a voltar ser promissor economicamente como foi nas décadas de 70 e 80, antes da esquerda chegar ao poder.
Lage que é um dos líderes do grupo “Liberais do Acre” defende que a iniciativa privada cresça cada vez mais e que o Estado não sufoque os empresários como tem feito atualmente.
O empresário que é pré-candidato ao Senado defendendo a bandeira da livre iniciativa relembra os tempos áureos em que o Acre se mostrava extremamente promissor, vivendo seu melhor momento econômico, quando o Governo Federal incentivou a criação de gado na região.
“As melhores linhagens de gado Nelore foram escolhidas para o povoamento das pastagens que surgiram naquelas décadas”, diz.
O resultado do investimento veio a galope, segundo Lage. “Em poucos anos nos transformamos em produtores e exportadores dos melhores cortes bovinos, com elevado valor agregado para nossa carne bovina e derivados, além de auto suficientes em produção e exportação dos derivados da madeira”, afirma.
A chegada do PT e o “retrógrado” pensamento da esquerda detonou a economia do Estado, que ainda sobrevive graças a empréstimos feitos juntos a bancos internacionais, que estão praticamente inviabilizando o Estado para o futuro. Pior: parte desse dinheiro tem sido usado para a folha de pagamento. Nem mesmo a manteiga acreana, eleita uma das melhores do mundo nos anos 1980, o Acre produz mais, segundo o empresário.
Com informações do Blog do Evandro Cordeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here